O cenário macroeconómico do PS, que servirá de base ao programa eleitoral dos socialistas, será apresentado publicamente na terça-feira pelo coordenador do grupo de economistas, Mário Centeno, numa sessão em que estará presente o secretário-geral.

Fonte oficial socialista disse à agência Lusa que a sessão de apresentação do cenário macroeconómico está marcada para a sede nacional do PS, em Lisboa.

De acordo com António Costa, o cenário macroeconómico que o PS apresentará pretende ser a base para «credibilizar as principais medidas do programa eleitoral e evitar, a prazo, situações de bloqueio entre as promessas e a realidade do país», refere a Lusa.

A equipa que está a preparar o cenário macroeconómico dos socialistas é liderada por Mário Centeno, doutorado em Harvard e quadro superior do Banco de Portugal, e tem-se reunido regularmente desde que António Costa foi eleito secretário-geral do PS em novembro último.

Além de Mário Centeno, a equipa integra também um conjunto de professores universitários e de especialistas em finanças públicas e em economia, casos de Manuel Caldeira Cabral, Francisca Guedes de Oliveira, João Leão, João Nuno Mendes, Paulo Trigo Pereira, Vítor Escária (ex-assessor do primeiro-ministro José Sócrates) e Sérgio Ávila.

A este grupo juntam-se ainda os dirigentes socialistas Vieira da Silva, João Galamba, Fernando Rocha Andrade e a eurodeputada socialista Elisa Ferreira.

Colaboraram ainda com este grupo de trabalho os economistas Cláudia Joaquim e Hugo Mendes.