A deputada do PCP Paula Santos requereu esta quarta-feira potestativamente a audição urgente do ministro da Saúde na respetiva comissão parlamentar para esclarecer a «situação caótica em que se encontram as urgências hospitalares».

«A rutura dos serviços de urgência não é uma questão pontual, nem de hoje. É um problema frequente, que vem de há muito e tem vindo a agravar-se», lê-se no requerimento.

Segundo a parlamentar comunista, «o Governo insiste em anunciar medidas conjunturais para resolver um problema que é estrutural e que decorre das opções políticas na área da saúde».