"Julgo que esta foi a menos má das soluções", disse o antigo reitor. "Eu não concordo que essa solução seja boa", contrapôs a eurodeputada do Bloco de Esquerda (BE), discordando que se continue a "ir buscar dinheiro aos contribuintes".





"Devo deixar claro que não me revejo no modelo preconizado por Ramalho Eanes, que enquanto Presidente independente usou as suas funções para criar um partido político nessa altura".