"Quisemos que fossem sempre dois, um homem e uma mulher, para assim simbolizar a igualdade, a igualdade de género, todas as igualdades, que estão na matriz desta candidatura", explicou o candidato presidencial numa sessão onde também foi revelado que o constitucionalista Jorge Miranda preside à comissão de honra da candidatura.