Marcelo Rebelo de Sousa disse hoje na TVI que “está ponderado o que havia a ponderar” sobre uma eventual candidatura à Presidência da República, mas sem revelar se é candidato ou não ou quando tornará pública a decisão.

Depois de no domingo ter recusado comentar uma sondagem que concluía que estava próximo da vitória logo na primeira volta caso se candidate às presidenciais de janeiro do próximo ano, justificando que era dia de falar de legislativas, hoje, o ex-presidente do PSD aceitou falar sobre as presidenciais, afirmando que, da sua parte:

"Já houve tempo suficiente para perceber e clarificar toda a situação política no plano das presidenciais e das legislativas”.


O professor de Direito não revelou se se candidata ou não à Presidência da República, nas eleições de janeiro de 2016, justificando até com o facto de não fazer sentido fazer um anúncio de decisão num canal de televisão, mas avançou que ponderou o que tinha a ponderar.
 

“Uma coisa é ter o cenário claro na cabeça, ponderado e decidido, outra coisa é falar dele, que é certamente fora da TVI. Não faria sentido confundir o comentador com o potencial ator político”, afirmou.


Questionado pelo jornalista José Alberto Carvalho sobre se esta frase significa que já tomou uma decisão, Marcelo Rebelo de Sousa disse que “significa que houve tempo suficiente para perceber e clarificar toda a situação política no plano das presidenciais e das legislativas”.
 

“Está percebido e está ponderado o que havia a ponderar”, concluiu.

Leia aqui a opinião do professore sobre os outros temas da atualidade.