Marcelo Rebelo de Sousa e Marisa Matias coincidiram hoje na intenção de promulgar a adoção por casais do mesmo sexo e a revogação das taxas moderadoras nas interrupções voluntárias da gravidez se forem eleitos para a Presidência da República.

"O que interessa hoje na adoção é a proteção da criança (…), desde que esteja garantido do ponto de vista técnico que a criança tem os seus direitos salvaguardados, não interessa que seja um adotante, dois adotantes, um casal do mesmo sexo ou de sexo diferente, isso é irrelevante", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa no debate com Marisa Matias, transmitido pela SIC Notícias.

Marisa Matias, que é apoiada pelo BE para as eleições presidenciais de 24 de janeiro, corroborou a opinião de Marcelo Rebelo de Sousa, sublinhando que se trata de uma questão de direitos humanos, proteção do interesse e do direito das crianças: "não há famílias de primeira, segunda ou terceira".