TVITVI24

“Ainda na última intervenção, quando foi chamado a decidir, Cavaco Silva tomou partido não pelo interesse nacional, mas pelos agiotas e especuladores.”



“Há quatro partidos que manifestaram existirem condições para uma solução sustentável. O Presidente da República não terá outra grande solução. (…) Se assim não fosse, estaríamos perante um colapso democrático e um desrespeito pelas instituições democráticas.”


TVI TVI24


"A Constituição da República portuguesa, apesar das suas sete revisões, continua a ser das mais progressistas. Embora tenha outras coisas: a saúde é tendencialmente gratuita, embora seja tendencialmente paga para a maioria das pessoas. A educação, na escolaridade obrigatória, deveria ser gratuita para todos os cidadãos e é cada vez mais paga para todos os cidadão. A Constituição também fala de proteção social para todos os cidadãos e o que vemos são os reformados, os pensionistas e os idosos numa luta pela sobrevivência, completamente desumana, os desempregados sem proteção. São violações grosseiras da Constituição.”



“Esta questão da laicidade do Estado e do respeito pelas convicções de cada homem e de cada mulher. (…) Não divide. O que divide são as grandes desigualdades sociais.”