A Comissão Nacional de Eleições (CNE) considera que a cobertura que a RTP realizou à votação do candidato Marcelo Rebelo de Sousa teve uma “duração desmensurada” em relação às outras candidaturas.

O porta-voz da CNE, João Almeida, disse à agência Lusa que este órgão emitiu já uma deliberação no sentido de expressar a preocupação com o tempo que a RTP dispensou na cobertura do candidato recomendado por PSD e CDS-PP.

As preocupações da CNE estendem-se ainda a “alguns comentários” que foram proferidos ao longo da programação que se seguiu à votação de Marcelo Rebelo de Sousa.

Nos próximos dias a CNE voltará a pronunciar-se sobre este caso.

Além desta situação, a CNE entendeu que as afirmações do líder do CDS-PP, Paulo Portas, após votar podem ser entendidas como "declaração de apoio" a um dos candidatos à Presidência da República.

A CNE, em reunião plenária, considerou que as declarações do líder do CDS-PP "podem ser entendidas como declaração de apoio a um dos candidatos”.