O candidato presidencial Vitorino Silva, conhecido como Tino de Rans, tem um valor para cada dia da campanha eleitoral, que arranca hoje oficialmente, nos quais se inserem dignidade, solidão, mérito ou amizade.

Segundo a agenda da campanha do candidato, enviada à agência Lusa, as 12 palavras que servirão de mote ao aspirante a Belém são: dignidade, alegria, amizade, família, solidão, futuro, medo, dinheiro, conhecimento/saber, mérito, mentira e internet.

O objetivo do candidato é lançar uma palavra em cada dia, ao longo da campanha.

Relativamente à volta a Portugal do aspirante a Belém, a primeira semana será passada toda no norte do país.

Depois de começar o primeiro dia da campanha eleitoral no distrito de Aveiro, Vitorino Silva segue para a região de Espinho, onde visita uma feira, duas fábricas e o Regimento de Infantaria.

O candidato, que iniciou a sua campanha a bordo de uma traineira - num ato simbólico para chamar a atenção para a realidade das pescas -, irá à praia da Baía “mostrar o avanço do mar” e falar sobre casinos e raspadinhas.

Na terça-feira o aspirante a Presidente da República divide o dia entre Braga, Guimarães, Famalicão e Barcelos, onde visita o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, fábricas e um museu.

Já na quarta-feira, o antigo presidente da Junta de Freguesia de Rans (Penafiel) estará em Amarante, Vinhais e Macedo de Cavaleiros. O dia do candidato termina junto dos jovens numa festa/convívio à noite.

No dia 14, o candidato calceteiro de profissão, visita vinhas no Douro e as gravuras de Foz Côa, e aproveita também para “mostrar as primeiras calçadas que fez”.

Na sexta, Vitorino Silva estará no Porto, onde visita o mercado do Bolhão, a Sé e a zona da ribeira, passando ainda pela lota de Matosinhos e por Melgaço.

No sábado, o candidato estará de visita a uma fábrica de móveis em Paços de Ferreira.

A fechar a primeira semana de campanha está ainda em cima da mesa uma possível visita a Bruxelas, Bélgica. Se tal viagem se confirmar, Tino é o único candidato a levar a campanha eleitoral para o estrangeiro.

A iniciar a segunda metade da volta ao país, o candidato visita o Algarve, passando ainda por Beja e por Évora, onde dará uma conferência de imprensa.

No dia 19, quando se realiza o debate televisivo entre todos os candidatos, Vitorino Silva passará o dia em Lisboa, fazendo também uma visita a Setúbal para almoçar.

O candidato passará o dia de quarta-feira a visitar a Golegã e a Universidade de Coimbra.

Para quinta-feira, a agenda do candidato deixa em aberto uma possível deslocação ao arquipélago da Madeira ou aos Açores.

No encerramento da campanha eleitoral, Tino de Rans volta ao distrito do Porto.

Começando o dia com visita às caves do vinho do Porto, em Vila Nova de Gaia, o candidato passa ainda por uma fábrica de biscoitos e uma oficina do brinquedo.

Vitorino Silva encerra a campanha com uma iniciativa no salão da Junta de Rans, Penafiel.