Do local mais a sul de Portugal, o Presidente da República não se esqueceu do chefe do Governo. Da Selvagem Grande, na Madeira, que visitou esta terça-feira, enviou um postal dirigido ao primeiro-ministro, António Costa, com um convite para visitar a ilha.

Sete outros postais foram enviados também pelo chefe de Estado, para câmaras municipais e juntas de freguesia do continente e ilhas com convites para visitarem o subarquipélago das Selvagens.

Marcelo viajou num helicóptero da Força Aérea, que aterrou no planalto da ilha às 12:30. Foi o quarto Presidente da República a visitar o arquipélago, mas o primeiro a fazê-lo no início do primeiro mandato. O que significa, segundo o próprio, que “tudo o que tiver que ser feito deve ser feito em cinco anos”.

Não há nenhuma urgência, mas corresponde à minha ideia de proximidade e como estou a acelerar um pouco mais o ritmo da proximidade, é natural que tenha sido mais rápida a vinda aqui”, explicou o Presidente da República em declarações aos jornalistas.