O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, disse esta sexta-feira que será «injusto» e «negativo» para a União Europeia se o antigo primeiro-ministro português Durão Barroso não for reeleito como presidente da Comissão Europeia, noticia a Lusa.

«Seria injusto e mesmo negativo para a União Europeia se não fosse reeleito», afirmou Cavaco Silva, em resposta a uma pergunta de uma aluna da Ursulaschule, em Osnabrück, na Alemanha.

A este propósito, o chefe de Estado sublinhou a inteligência e habilidade de Durão Barroso, elogiando o trabalho que tem feito enquanto presidente da Comissão Europeia.

«É um político muito inteligente, muito hábil, tem feito um grande trabalho», afirmou.

O mandato de Durão Barroso enquanto presidente da Comissão Europeia termina em Novembro.