O líder do CDS-PP, Paulo Portas, faz quarta-feira um balanço dos quatro anos de Governo PS, centrado «não só na crítica» mas no papel dos democratas-cristãos enquanto alternativa, segundo o porta-voz do partido, Pedro Mota Soares, refere a Lusa.

«Não será só a crítica pela crítica, será um balanço virado para o futuro e centrado nas propostas e no papel do CDS-PP, enquanto partido de alternativa, para ultrapassar as dificuldades que do país», afirmou Pedro Mota Soares.

Num jantar com jovens, no Porto, Paulo Portas apresentará também «os pontos em que, ao longo de quatro anos, o CDS-PP teve objectivamente razão» nas críticas ao Governo, disse Mota Soares.

Quinta-feira cumprem-se quatro anos sobre a tomada de posse do Governo liderado por José Sócrates, na sequência das eleições legislativas antecipadas de 20 de Fevereiro que o PS venceu com maioria absoluta.