lamentou, mas não pediu desculpa,

Schulz