António José Seguro convocou, para as 18:00 desta quinta-feira, o secretariado nacional do Partido socialista. Em cima da mesa, está a crise política e a decisão anunciada na quarta-feira por Cavaco Silva.

O Secretariado Nacional do PS é o órgão de direção dos socialistas.

Na quarta-feira à noite, na sequência da comunicação ao país do Presidente da República, o dirigente socialista Alberto Martins afirmou que o PS aguardará as iniciativas do chefe de Estado sobre acordo de médio prazo de «salvação nacional», mas advertiu que esse diálogo deve envolver todos os partidos com representação parlamentar.

Alberto Martins declarou que o PS está aberto ao diálogo, mas que recusa as políticas do atual Governo e discorda dos argumentos do Presidente da República para não convocar eleições legislativas antecipadas em setembro.

O ex-ministro da Justiça reiterou que o PS não aceitará fazer parte de um Executivo sem ser na sequência da realização de eleições.