João Cravinho admite que a hipótese de um novo resgate não está afastada.

O militante do PS, referiu que a «probabilidade para haver novo resgate em cinco anos não está afastada». Afirmações feitas no programa Política Mesmo, da TVI24, esta terça-feira.

Cravinho frisou também que não faz sentido ao Governo pedir consenso ao PS antes das eleições europeias, mas «o que me parece essencial é um acordo entre Governo e o povo português».

Depois de maio se vê. A dois meses das europeias, Cravinho entende que um «Bom resultado para o PS será diferença de dígitos gordos», disse o histórico socialista.