O ministro da Economia não quer falar da sua substituição no Governo. À margem daquela que deve ter sido a sua última cerimónia pública, Álvaro Santos Pereira fez um balanço dos seus dois anos no Executivo.

«Eu sempre darei tudo pelo meu, mas não tenho mais nada a dizer», afirmou o ministro, nesta quarta-feira, em Sines.

«Tenho muito orgulho no trabalho que temos feito. E não tenho as mínimas dúvidas de que as reformas económicas que foram feitas neste país são as maiores das últimas décadas e foram das maiores dos últimos anos na Europa», enalteceu, acrescentando que «os portugueses são a grande razão pelas quais é preciso deixar de lado as divergências».