O deputado do CDS, Nuno Magalhães, disse esta quarta-feira que o partido concorda com a decisão do Presidente da República em não convocar eleições antecipadas.

Sobre a decisão de uma solução que envolve o CDS, o PS e o PSD, Nuno Magalhães garantiu que o partido «terá toda a disponibilidade para ouvir o que o Presidente da República tiver a dizer».

Cavaco Silva sugeriu esta noite um Governo de salvação nacional que agregue PSD, PS e CDS, sugerindo eleições até junho de 2014, altura em que termina o acordo com a troika.

Cavaco: Governo de salvação nacional e eleições em 2014