Sócrates acusa direita de fazer campanha «de ódio e imbecilidade»