A Universidade de Verão do PSD decorre em Castelo de Vide, entre 26 de agosto e 1 de setembro, com palestras de nomes do PSD e convidados como o socialista Correia de Campos e o sociólogo António Barreto.

Os trabalhos iniciam-se a 26 de agosto, segunda-feira, com a abertura a cargo do diretor da Universidade de Verão deste ano, Carlos Coelho, mas também de Marco António Costa, coordenador da Comissão Política Nacional do PSD.

Na terça-feira, 27 de agosto, o destaque vai para a presenças do ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, e do secretário de Estado Adjunto do Primeiro-ministro, Carlos Moedas.

O sociólogo António Barreto é o «cabeça de cartaz» do terceiro dia da Universidade de Verão, 28 de agosto. Em Castelo de Vide, o também presidente da Fundação Francisco Manuel dos Santos vai levar uma palestra intitulada «Um retrato de Portugal».

A 29 de agosto, quinta-feira, falarão os sociais-democratas Pedro Santana Lopes e Paulo Rangel.

Um debate sobre a co-adoção de crianças por casais homossexuais, entre os deputados Mónica Ferro e José Manuel Canavarro, marca o início dos trabalhos a 30 de agosto, sexta-feira. Ao final da tarde, Marcelo Rebelo de Sousa falará sobre «A Consolidação da Democracia e o PSD», antes de um jantar-conferência com Leonor Beleza.

O sábado, 31 de agosto, contará com exercícios de simulação de um parlamento para os participantes da Universidade de Verão, num dia que terá ainda o ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Poiares Maduro, a falar sobre «Europa: cinco questões em aberto».

A noite de sábado conta com um jantar-conferência com o socialista Correia de Campos, que foi ministro da Saúde dos Governos de António Guterres e de José Sócrates e é atualmente deputado no Parlamento Europeu.

A Universidade de Verão do PSD chega ao fim no domingo 1 de setembro. O primeiro-ministro e presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, estará presente na sessão de encerramento.