O PS apresentou esta quarta-feira um requerimento para ouvir no Parlamento os representantes dos manifestantes das forças de segurança que se manifestaram na semana passada, subindo inclusive parte da escadaria da Assembleia da República.

No texto, destinado ao presidente da comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, e assinado pelos deputados socialistas Marcos Perestrello e Luís Pita Ameixa, é pedida a audição da Comissão Coordenadora Permanente dos Sindicatos e Associações dos Profissionais das Forças e Serviços de Segurança para explicarem «os temas e incidências» que motivaram o protesto na passada quinta-feira.

O PS pede também ao presidente da comissão, Fernando Negrão, que solicite à Presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, «informação sobre o teor da reunião com os dirigentes profissionais que foram recebidos nesse dia e dessa informação dê conhecimento aos deputados».

O documento que os manifestantes entregaram a Assunção Esteves, disse Fernando Negrão, foi já distribuído junto dos parlamentares da comissão de Assuntos Constitucionais.

Milhares de elementos das forças e serviços de segurança manifestaram-se na semana passada em frente ao parlamento, numa ação de protesto em que a tensão foi elevada, com manifestantes a conseguirem subir parte da escadaria da Assembleia.

O protesto teve como foco a contestação face aos cortes salariais e congelamento das carreiras, reporta a Lusa.