O Governo vai apresentadar, nos próximos dias, um projeto de resolução com o objetivo de criar o Dia Nacional da Gastronomia.

«Dentro de poucos dias será apresentado o projeto de resolução que via a criação de um Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa», informou o ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, no final da sua distinção com o Grau de Associado de Mérito pela Federação das Confrarias de Gastronomia, no Casino da Figueira da Foz, onde estiveram presentes cerca de 30 confrarias.

A gastronomia é património «cultural, social e económico», argumentou, citado pela Lusa. O setor «tem um forte impacto nas atividades económicas», como é o caso do «turismo determinado pela gastronomia». Para Poiares Maduro, a gastronomia pode ser vista como «uma vantagem competitiva», ao valorizar «os recursos endógenos».

No próximo quadro comunitário haverá também fundos para este setor, em que as confrarias poderão assumir «um papel importante». As confrarias poderão participar na «ação de base local com parcerias entre instituições privadas e públicas», promovendo «os produtos locais», adiantou.

O ministro sublinhou, ainda, a importância de na gastronomia portuguesa «conjugar-se o respeito pela tradição com a inovação».