Miguel Poiares Maduro, Ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, acredita que os partidos do Governo, o PSD e CDS, podem ganhar as eleições legislativas de 2015. A ideia foi defendida numa entrevista à «TSF» e ao «Dinheiro Vivo». O ministro entende que os portugueses «perceberam que os três anos de sacrifício eram necessários».

Na mesma entrevista Poiares Maduro garantiu que o Governo continua aberto a consensos com a oposição e continua empenhado nesse esforço. Apesar de não querer comentar a luta pela liderança do PS, Poiares Maduro espera que crise interna não leve a uma maior radicalização.

Em relação à relação do Governo com o Tribunal Constitucional, após vários chumbos por parte dos magistrados, o ministro considera que o «Governo tem sido irrepreensível com o TC».

O Ministro-Adjunto, que também é constitucionalista citou outros tribunais para provar que foi aqui que se foi longe de mais em alguns chumbos.