“André Ferreira foi um jovem jornalista, de apenas 29 anos, cujo entusiasmo e empenho prometiam uma carreira de sucesso e cuja simpatia e humildade contagiaram todos aqueles com quem se cruzou, enquanto jornalista, fosse na cobertura de assuntos de Defesa Nacional, fosse nos corredores da Assembleia da República, fosse na Comissão Europeia”, refere a nota de pesar.