Pedro Passos Coelho foi recebido com protestos, este sábado à tarde, em Faro, no Algarve. Meia centena de manifestantes juntaram-se na sede do centro de apoio aos sem-abrigo, onde o primeiro-ministro realizou uma visita. Os manifestantes exigiram a demissão do Governo.

«É preciso um descaramento enorme e uma hipocrisia profunda, por parte do primeiro-ministro, em vir aqui. Ele foi o primeiro-ministro que mais sem-abrigo criou neste 40 anos de democracia em Portugal e foi também o primeiro-ministro que mais políticas sociais destruiu», disse à TVI António Goulart, da União dos Sindicatos do Algarve.

O mesmo sindicalista acrescentou que Pedro Passos Coelho «também está a destruir o emprego, está a destruir a Economia, está a destruir o futuro dos portugueses». «Por isso, nós estamos aqui a protestar contra a sua presença e naturalmente a exigir a sua demissão. Que se vá embora, que deixe os portugueses escolher o futuro», concluiu.