mensagem de Natal do primeiro-ministro

“Este é o primeiro Natal dos últimos anos em que, na sua intervenção, o primeiro-ministro [António Costa] refere a Constituição da República Portuguesa e coloca o próximo ano não como um ano de austeridade, de empobrecimento, de degradação dos serviços públicos, mas um ano de recuperação da economia, de luta pela igualdade e pelos direitos, e isso parece-nos muito positivo e assinalamo-lo como sendo, de facto, um novo ciclo que se abre no país”, disse à Lusa o dirigente bloquista Pedro Soares.