logotipo tvi24

PCP quer revogar chips nos carros

Comunistas consideram medida «desproporcionada»

Por: tvi24 / CP    |   2010-06-01 09:22

O PCP vai propor na quarta-feira o agendamento do diploma que defende a revogação da decisão governamental que impõe a obrigatoriedade de todos os veículos passarem a ter um chip de matrícula, anunciou o deputado António Filipe, citado pela Lusa.

Os deputados comunistas vão propor o agendamento da sua proposta, para revogar o decreto-lei governamental, na conferência de líderes, uma decisão que sai das jornadas parlamentares do PCP, que terminam esta terça-feira em Setúbal.

Os comunistas contestam a medida do Governo socialista, aprovada na anterior legislatura, que consideram «completamente desproporcionada», uma vez que «qualquer cidadão deve ter o direito de poder optar sobre ter ou não ter um dispositivo de matrícula no seu veículo».

«Esta exigência que o Governo faz, como reconheceu a Comissão de Protecção de Dados quando emitiu o parecer, constitui uma intromissão grave na liberdade fundamental dos cidadãos», considerou António Filipe, para quem a medida do Executivo tem «a agravante» de estar «ao serviço de um objectivo que é o de impor o pagamento de portagens nas SCUT e fazê-lo sem custos para as respectivas empresas concessionárias, que passarão a beneficiar desse sistema».

PSD e Bloco de Esquerda já apresentaram diplomas no mesmo sentido da proposta comunista, cujo debate pode agora ser agendado em simultâneo.

O objectivo, acrescentou António Filipe, é que a Assembleia da República tome uma decisão sobre esta decisão do Governo antes de Julho, altura em que o Executivo pretende começar a cobrar portagens nas SCUT da Costa da Prata, do Grande Porto e do Norte Litoral.

Partilhar
EM BAIXO: Carro
Carro

Governo atribui medalha de mérito a Rui Rio
Distinção está relacionada com trabalho que o antigo presidente da Câmara do Porto desenvolveu na área da proteção civil
PS: António Costa defende democratização das CCDR
Como uma das prioridades da reforma do Estado na próxima legislatura
PSD e CDS-PP querem reapreciar diplomas avaliados pelo TC
Líderes parlamentares pediram à presidente da AR a marcação de uma reunião da Comissão Permanente com o objetivo de agendar um plenário
EM MANCHETE
Contas bancárias da ES Saúde no Novo Banco
É uma das condições impostas pelo grupo Angeles para lançamento da OPA voluntária. Mexicanos também exigem maioria do capital social
Banca exige venda do Novo Banco ainda este ano
Estado emite mil milhões de euros de dívida