O deputado do PCP Paulo Sá exigiu, esta sexta-feira, a demissão da ministra das Finanças argumentando que um governante «que mente ao Parlamento» não tem condições para se manter no cargo.

«Entendemos que um governante que mente ao Parlamento não tem condições para continuar no Governo. Nesse sentido exigimos a demissão de Maria Luís Albuquerque», declarou o deputado Paulo Sá, em conferência de imprensa, no Parlamento.

De acordo com o comunista, os dados recolhidos nos últimos dias na comissão de inquérito aos contratos de risco financeiro ( swap) «vêm confirmar de forma inquestionável que Maria Luís Albuquerque mentiu mesmo ao Parlamento».

O deputado defendeu que a ministra deve voltar a ser ouvida na comissão de inquérito e adiantou que irá propor na próxima reunião, segunda-feira, que Maria Luís Albuquerque seja ouvida até dia 31 de julho, quarta-feira.