O cabeça de lista da coligação Aliança Portugal às europeias de 25 maio, Paulo Rangel, comprometeu-se esta quinta-feira a lançar «uma agenda de crescimento» na Europa, que garanta a sustentabilidade do modelo europeu de «economia social de mercado».

Paulo Rangel defendeu que se houver uma «agenda para o crescimento» o modelo de economia social de mercado pode «funcionar bem», comprometendo-se, enquanto cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP, a promover o «reforço do mercado único atual de bens e serviços».

A «agenda para o crescimento» passará também pela defesa de um «acordo de comércio livre com os EUA», pelo «lançamento da economia do mar» e pela criação de um programa para «fomentar a natalidade na Europa».

O candidato intervinha na sessão comemorativa do 1.º de Maio, Dia do Trabalhador, promovida pelos Trabalhadores Sociais Democratas (TSD), num hotel de Lisboa, na qual participa o presidente do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.