logotipo tvi24

PSD: Rangel prefere eleições a uma só volta

No entanto, o candidato diz que continuará com «aquela que for a opção do congresso»

Por: tvi24 / CP    |   2010-02-27 18:50

O candidato à liderança do PSD afirmou este sábado que vai «manter-se afastado» da «polémica» sobre a alteração dos estatutos do partido para que haja uma segunda volta para eleições do presidente.

«Vou-me manter afastado dessa polémica, candidatei-me com certas regras, as que existem neste momento», afirmou Paulo Rangel aos jornalistas, depois de ter apresentado a sua candidatura esta tarde na sede do PSD/Matosinhos.

O presidente dos autarcas social-democratas, Manuel Frexes, anunciou pretender propor este sábado, no quinto congresso nacional destes autarcas, uma alteração aos estatutos do PSD para que haja «uma segunda volta para eleição do presidente, se ninguém obtiver que não haja uma maioria à primeira».

Para Paulo Rangel, «é perfeitamente normal» que as regras sejam as actuais, com um só acto de votação.

Lembrou que quando apresentou a sua candidatura foi com as actuais regras, mas mostrou-se disponível para «seguir aquela que for a opção do congresso» sobre a matéria.

«Estou disponível para naturalmente seguir aquela que é a opção do congresso, se for essa», concluiu.

Partilhar
EM BAIXO: Paulo Rangel
Paulo Rangel

PS: Seguro apela a inscrição contra «corte de iluminados» de Lisboa
Jovens socialistas de Matosinhos cantaram-lhe os parabéns por três anos de liderança do partido
Ana Drago admite criação de plataforma de Esquerda
Em nome da «salvação do estado social», disse a ex-dirigente bloquista
Nuno Melo contra antecipação de legislativas
«O facto normal e até desejável é que as legislaturas se completem»
EM MANCHETE
Ricardo Salgado foi detido
Ministério Público já confirmou a detenção. Ex-presidente executivo do BES vai ser ouvido esta manhã no Tribunal Central de Instrução Criminal
CMVM preocupada com estabilidade do BES
TAP cancela 48 voos em quatro dias