logotipo tvi24

PSD: Rangel prefere eleições a uma só volta

No entanto, o candidato diz que continuará com «aquela que for a opção do congresso»

Por: tvi24 / CP    |   2010-02-27 18:50

O candidato à liderança do PSD afirmou este sábado que vai «manter-se afastado» da «polémica» sobre a alteração dos estatutos do partido para que haja uma segunda volta para eleições do presidente.

«Vou-me manter afastado dessa polémica, candidatei-me com certas regras, as que existem neste momento», afirmou Paulo Rangel aos jornalistas, depois de ter apresentado a sua candidatura esta tarde na sede do PSD/Matosinhos.

O presidente dos autarcas social-democratas, Manuel Frexes, anunciou pretender propor este sábado, no quinto congresso nacional destes autarcas, uma alteração aos estatutos do PSD para que haja «uma segunda volta para eleição do presidente, se ninguém obtiver que não haja uma maioria à primeira».

Para Paulo Rangel, «é perfeitamente normal» que as regras sejam as actuais, com um só acto de votação.

Lembrou que quando apresentou a sua candidatura foi com as actuais regras, mas mostrou-se disponível para «seguir aquela que for a opção do congresso» sobre a matéria.

«Estou disponível para naturalmente seguir aquela que é a opção do congresso, se for essa», concluiu.

Partilhar
EM BAIXO: Paulo Rangel
Paulo Rangel

«Esta história dos cortes está a atingir proporções inacreditáveis»
Comentário de Constança Cunha e Sá na TVI24
BE quer reativar salas de injeção assistida para combate à droga
João Semedo manifestou-se alarmado com indicadores relativos a «uma subida do número» de indivíduos toxicodependentes
Durão Barroso lamenta morte de Gabriel García Márquez
Para o presidente da Comissão Europeia, o escritor foi «uma voz da América Latina e do mundo»
EM MANCHETE
Sobrevivente português descreve tragédia
«Atirámo-nos à água e depois vimos que faltavam três homens», conta pescador
Homem que baleou quatro mulheres tem mais alvos
Guarda ferido em assalto a embaixada portuguesa em Tripoli