O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, disse esta segunda-feira não estar «nem aí» ao ser questionado sobre a sugestão lançada por Pedro Santana Lopes de poder vir a ser candidato à Presidência da República.

«A minha vida partidária é só logo à noite, mas não estou nem aí», disse Paulo Portas, quando questionado pelos jornalistas sobre como viu o seu nome ser lançado na corrida a Belém, à margem da apresentação do programa MBIA - McDonald's Business Initiative for Agriculture, que decorreu em lisboa.

O antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes afirmou numa entrevista ao jornal «Diário de Notícias», publicada no sábado: «Penso que Paulo Portas pode ser candidato a Belém».

Sobre assuntos partidários, Paulo Portas nada disse e remeteu declarações para a noite desta segunda-feira.

«À noite, podemos falar, porque tenho comissão política», afirmou.