A maioria PSD/CDS chumbará o requerimento do PS para ouvir Paulo Portas sobre os vistos gold mas assegura que o vice-primeiro-ministro irá ao parlamento discutir as alterações legislativas àquela matéria, disse o vice da bancada centrista Hélder Amaral.

«Não faz sentido o PS apresentar uma ‘chico-espertice' parlamentar e antecipar ao óbvio», afirmou à Lusa Hélder Amaral.

De acordo com o deputado centrista, Paulo Portas disponibilizou-se a discutir no parlamento alterações legislativas ao processo de vistos gold e «esse processo legislativo está quase concluído».

«Não podemos aprovar um requerimento para uma audição na comissão de Economia sobre um relatório de um ministério da tutela da Administração Interna. Ou o PS reconsidera o seu requerimento nestes termos ou a maioria apresentará um requerimento nos termos e no tempo corretos», defendeu.

«Não é um chumbo. No mesmo dia apresentaremos um requerimento para o mesmo fim», declarou.

Hélder Amaral sublinhou que, quando foi ouvido na comissão de Economia e Obras Públicas sobre os vistos gold solicitou aos partidos que apresentassem propostas legislativas.

«Aguardamos que o Governo tenha as suas alterações prontas para que o vice-primeiro-ministro venha cumprir aquilo que se propôs desde o início, discutir essas alterações», insistiu.

O PS pediu esta quinta-feira a presença do vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, na comissão parlamentar de Economia e Obras Públicas para se pronunciar sobre o relatório acerca dos vistos ‘gold' elaborado pela Inspeção-Geral da Administração Interna.