"O investimento disparou em 2014. Subiu 5,4% e, se não contarmos com a construção civil, subiu mais de 9%. É o melhor número em muitos anos."

Paulo Portas referiu também que, de acordo com o relatório da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), o investimento direto estrangeiro em Portugal "mais do que quadruplicou" no ano passado.

 

"É esse o dado fundamental, porque para investir é preciso ter confiança e isto significa que há mais confiança na nossa economia e só com investimento é que nós conseguimos criação de postos de trabalho."

Para o governante do CDS-PP, o investimento "começou a subir desde que o IRC começou a descer", tendo Portugal uma "proposta competitiva" em termos laborais, fiscais e administrativos para apresentar aos investidores.