A ministra da Justiça admitiu hoje no parlamento a possibilidade de o seu ministério sofrer um corte de 15 milhões de euros no orçamento de 2014, uma diminuição de 1,1 por cento face a este ano.

«Não estou ainda em condições de garantir que seja este o montante do corte» no orçamento do Ministério, uma vez que o documento não está concluído, ressalvou, no entanto, a ministra.

Paula Teixeira da Cruz respondia a perguntas do deputado comunista e líder da bancada parlamentar do PCP João Oliveira.

A ministra da Justiça falava no parlamento perante a comissão parlamentar de Direitos Liberdades e Garantias, na qual se fez acompanhar pelo secretário de Estado da Justiça, Fernando Santo.