O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, reuniu-se esta terça-feira com reitores das universidades, uma semana depois de o órgão que os representa ter anunciado o corte de relações institucionais com o Governo.

No final da reunião, na residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, Lisboa, não houve declarações.

No encontro, que durou aproximadamente hora e meia, estiveram também o ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, e o secretário de Estado do Ensino Superior, José Ferreira Gomes.

A audiência com Passos Coelho foi pedida pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), que, há uma semana, em Braga, anunciou o corte de relações com o Governo, na sequência das negociações sobre as dotações do Orçamento do Estado para 2014 e sobre a reestruturação da rede do ensino superior.

Na mesma altura, o presidente do CRUP, António Rendas, anunciou a demissão do cargo, face à «generalizada falta de diálogo» e à «quebra de compromissos» por parte do Governo.

Na audiência de hoje estiveram 12 dos 15 reitores que integram o CRUP.