O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje manter «totalmente» a confiança no ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, que admitiu ter cometido uma «incorreção factual» numa informação que prestou ao deputado do BE Luís Fazenda.

Questionado se mantém a confiança em Rui Machete, o primeiro-ministro respondeu: «Totalmente».

Pedro Passos Coelho falava em Alcanena, no distrito de Santarém, à entrada para uma convenção distrital autárquica do PSD, na qual vai participar na qualidade de presidente deste partido.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, admitiu hoje ter cometido uma «incorreção factual» ao escrever que nunca tinha tido ações da Sociedade Lusa de Negócios (SLN), numa carta enviada em 2008 ao deputado do BE Luís Fazenda, que na altura integrava a comissão parlamentar de inquérito sobre o Banco Português de Negócios (BPN).