Portugal tem uma «despesa social maior» do que «quando a crise começou»