A reunião entre as direções do PSD e do CDS, que vão analisar o acordo alcançado esta sexta-feira, está a decorrer num hotel de Lisboa.

Segundo a TVI apurou, no final da reunião haverá uma declaração conjunta, mas esta será lida apenas por Passos Coelho.

Paulo Portas estará ao lado do primeiro-ministro e presidente do PSD, mas não irá falar.

Na reunião, estão presentes sete dirigentes de cada partido, para além de Pedro Passos Coelho e Paulo Portas.

O encontro entre as duas direções partidárias decorre numa das salas do primeiro piso do hotel, com os elementos do CDS-PP dispostos de um dos lados de uma mesa retangular, e os do PSD do lado oposto, estando Paulo Portas e Pedro Passos Coelho frente a frente.

O PSD está representado pelo seu secretário-geral, José Matos Rosa, pelos vice-presidentes Jorge Moreira da Silva, Teresa Leal Coelho, Pedro Pinto, Marco António Costa, Nilza Sena, e pelo seu líder parlamentar, Luís Montenegro.

Da parte do CDS-PP, estão presentes os vice-presidentes Nuno Melo e Teresa Caeiro, o secretário-geral, António Carlos Monteiro, o porta-voz do partido, João Almeida, os dirigentes e ministros Assunção Cristas e Pedro Mota Soares, e o líder parlamentar, Nuno Magalhães.