Mais de meia de centena de pessoas concentrou-se esta sexta-feria em frente da igreja dos clérigos, no Porto, em protesto contra o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho que preside à cerimónia de inauguração do monumento.

Os protestantes aguardaram a chegada do governante, empunhando cartazes e entoando frases do protesto como «está na hora de o governo ir embora», «Passos ladrão, austeridade não» e «Passos vende o que é teu, Portugal não está em saldo».

Uma dezena de agentes policiais criou uma barreira de segurança entre os manifestantes e a entrada da igreja.

A Igreja dos Clérigos reabriu esta sexta-feira após um ano em obras de remodelação.