"Ele não vai aceitar ficar e eu, no lugar dele, também não aceitaria".




"Estamos numa época em que uma pessoa que vive há quarenta anos em Portugal, e que viveu a vida inteira no seio de uma família portuguesa, não consegue naturalizar-se".






"Estava afastado da esfera política e não tinha afinidades com o Governo dessa altura. Exceção para Miguel Relvas, seu amigo pessoal".








"O senhor desculpe, mas se diz que não vai, eu vou dizer que não vai porque não quer! Porque cancelou à última da hora. Eu não vou inventar outra coisa qualquer". Segundo o relato, Cavaco Silva acabou por ir.