O primeiro-ministro felicitou «vivamente» o seu homólogo croata pela adesão oficial do país à União Europeia, considerando que o alargamento prova que o projeto europeu é um «ator ativo na promoção do bem-estar económico e social».

Numa mensagem enviada ao presidente do Governo da Croácia, Zoran Milanović, Pedro Passos Coelho considerou ser este um «momento histórico, que vem demonstrar a vitalidade que o projeto europeu mantém nos dias de hoje e é prova da sua capacidade em continuar a ser um ator ativo na promoção do bem-estar económico e social».

Passo Coelho indicou que Portugal conhece, «por experiência própria o efeito dinamizador¿ do projeto europeu em termos de ¿transformação política, económica e social de um país».

«Fomos apoiantes convictos deste novo processo de alargamento da União desde o seu começo, conscientes das transformações significativas que daí advêm e que são acompanhadas de novas oportunidades, desafios e responsabilidades não só para a Croácia, mas igualmente para o continente europeu como um todo», concluiu.

O primeiro-ministro recordou ainda ter sido sob a presidência portuguesa da União Europeia, em 2000, que os países envolvidos no Processo de Estabilização e Associação, como a Croácia, eram potenciais candidatos à entrada na União.

Pedro Passos Coelho estará presente nas comemorações da adesão da Croácia à União Europeia, que passa a ter, a partir de segunda-feira, com 28 membros.