O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, manifestou-se esta quarta-feira satisfeito pelo acordo alcançado na terça-feira entre a Grécia e o Eurogrupo, considerando que se desbloqueou um problema.

«Fiquei satisfeito por se ter desbloqueado um problema e por estarmos agora a conversar para resolver o problema que existe, não direi mais nada», declarou o primeiro-ministro, em resposta aos jornalistas, durante uma visita à Bolsa de Turismo de Lisboa, na Feira Internacional de Lisboa (FIL).

Passos Coelho escusou-se a fazer mais declarações sobre este assunto, defendeu que já se pronunciou «muito claramente» sobre a situação da Grécia e disse não querer «acrescentar mais nada àquilo que a ministra das Finanças já declarou».

O Eurogrupo aprovou na terça-feira, numa reunião por teleconferência, a extensão do programa de assistência à Grécia por quatro meses.

A decisão foi tomada na sequência da aceitação do programa de reformas enviado pelo Governo de Alexis Tsipras.