"O PSD e o CDS tinham um acordo de coligação de governo e o governo foi derrubado no parlamento. Portanto, o acordo de coligação de governo já não existe, naturalmente, acabou com o governo. Não é preciso nenhum ato formal para lhe por termo. É assim, acabou"


“Tenho confiança, tive sempre, na forma como o supervisor vem acompanhando estes assuntos e quero acreditar que o governo também não terá um outro objetivo que não seja assegurar a estabilidade financeira. Se não for assim o preço a pagar por todos é sempre mais elevado”



"Que fique muito claro que o facto de estarmos na oposição não significa para nós que quanto pior melhor. Se progredir com este governo, muito bem, nós não estaremos contra, mas se regredir com este governo, o país sabe com o que pode contar e com quem pode contar"