O primeiro-ministro português transmitiu as suas condolências ao chefe de Governo espanhol Mariano Rajoy e à chanceler alemã Angela Merkel pela queda do avião que vitimou 150 pessoas na passada terça-feira, informou esta quarta-feira o seu gabinete.

Pedro Passos Coelho enviou duas cartas, datadas de terça-feira, aos seus homólogos de Espanha e Alemanha, nas quais transmite tristeza e solidariedade pela queda do avião da Goldenwings nos Alpes franceses.

«Nestes trágicos momentos de luto, gostaria de lhe transmitir, ao povo alemão e às famílias das vítimas, as minhas mais sinceras condolências», lê-se na carta endereçada pelo primeiro-ministro a Angela Merkel.

Ao chefe de Governo espanhol, que o primeiro-ministro tratou por «meu caro Mariano», Pedro Passos Coelho deixou «um forte abraço solidário».

«Neste momento de dor e tristeza, quero transmitir, em meu nome e do Governo de Portugal, a minha mais profunda solidariedade pelas vítimas mortais da queda» do avião da companhia alemã, refere a missiva.

Passos Coelho transmite ainda «sentidas condolências às famílias enlutadas».

Um Airbus A320 da companhia aérea alemã Germanwings, que fazia a ligação entre Barcelona e Düsseldorf, despenhou-se na terça-feira nos Alpes franceses causando 150 mortos, na sua maioria alemães.

As causas do acidente continuam por determinar.

LEIA MAIS: A320: as histórias e os rostos da tragédia