A coligação Portugal à Frente, no Governo, vence as eleições deste domingo com 39,2%, elegendo 112 deputados, de acordo com o ponto médio dos intervalos de uma grande sondagem à boca das urnas TVI/Intercampus.

Nesta projeção com voto em urna, o PS fica com 31,7%, elegendo 83 deputados.

A terceira força política é o Bloco de Esquerda, que consegue uma votação recorde, com 10,2%, alcançando um recorde também de até 19 deputados.

A coligação Democrática Unitária, a CDU, fica com 10,2% por votos e com uma bancada parlamentar de 16 deputados.

A novidade nesta eleição, segundo esta projeção, é possibilidade do Juntos Pelo Povo! (JPP), do Pessoas-Animais e Natureza (PAN) e do LIVRE poderem eleger entre zero a 1 deputados.






 


A abstenção situa-se entre os 39% e os 43% segundo uma projeção da TVI. Em 2011, o nível de abstenção ficou em 41,97%. 

Já em 2009, a abstenção foi de 40% e nas eleições de 2005 foi de 36%. 





Ficha Técnica


Sondagem Intercampus para a TVI, realizada no dia 4 de outubro de 2015, com o objetivo de identificar o resultado da votação para as eleições legislativas em 2015.

Universo constituído por eleitores que participaram no ato eleitoral. Com recolha através de simulação de voto em urna, a amostra é constituída por 17.726 entrevistas, recolhidas em 27 freguesias de Portugal continental. O erro de amostragem, para um intervalo de confiança de 95%, é de mais ou menos 0,7%. Os resultados da projeção são directamente obtidos a partir de uma sondagem realizada pela Intercampus.