Pouco mais de 10 cidadãos manifestaram-se esta quarta-feira nas galerias da Assembleia da República na parte final da sessão plenária em que se discutiram petições contra o aumento do horário de trabalho.

Várias palavras de ordem foram entoadas por breves segundos após o debate das iniciativas da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional e do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa.

O vice-presidente do parlamento que dirigia a sessão, o socialista Ferro Rodrigues, ordenou a evacuação do espaço e os agentes policiais encaminharam as pessoas para a saída.