O socialista Augusto Santos Silva diz que é impossível um acordo PS-PSD a três meses de eleições.

«Não é possível um acordo agora quando estamos a três meses de eleições, que serão, aliás, determinantes quer para a liderança do PS, quer para o Governo», defendeu o antigo ministro, nesta terça-feira, no programa Política Mesmo da TVI24.

O comentador da TVI24, que considera que as europeias serão um momento chave para o país, deixa recomendações ao PS.

«Primeira recomendação a quem quiser no PS: um pequeno regador e alguma água em cima de algumas vaidades. Porque alguns problemas que o PS está a sofrer tem essa origem. Segundo ponto: evitar a procrastinação, que é um nome chique para a tendência para adiar», ironizou Augusto Santos Silva.