As divergências na coligação recentemente provocadas pela polémica TSU dos pensionistas estiveram no centro do debate no programa Prova dos 9 desta quinta-feira.

Paulo Rangel, Francisco Assis, Fernando Rosas chegaram a consenso ao afirmar que a coligação enfrenta sérios problemas.

«Não tendo nada contra com a expressão das divergências na coligação, mas a forma como está a correr, com os discursos, a reunião, os comunicados..., isso obviamente fragiliza o Governo», afirmou o eurodeputado social-democrata Paulo Rangel.

Já o socialista Francisco Assis insistiu que a «a perda de credibilidade do Governo é total». «Este Governo está num estado tal que não acredita que consiga sobreviver», defendeu.

Para Fernando Rosas, do Bloco de Esquerda, «a coligação está suspensa numa luta entre um grupo que quer aplicar a taxa e outro que ameaça ir embora se for aplicada». «Há uma crise aberta na coligação, não vale a pena disfarçar», argumentou.