Marcelo Rebelo de Sousa acredita que Portugal vai ter um programa cautelar e que isso é muito menos gravoso de que um segundo resgate. Mas o comentador defendeu, este domingo, na TVI que o assunto tem de começar a ser discutido sem tabus, com naturalidade.

«A Europa não quer outra Grécia. A Europa já lhe basta aquela Grécia, qualquer dia está aí para o terceiro resgate», afirmou no espaço de comentário do «Jornal das 8».

Apontando o dedo a Pedro Passos Coelho e a António José Seguro, o antigo líder do PSD defendeu que «era altura de se deixar de tratar este tema como tabu».

«Pois se há uma saída que não é possível, que é não haver programa nenhum, e há uma saída péssima, que é uma saída à grega, e uma que é muito melhor, que é a saída à irlandesa, tem de ser começado a ser tratado e discutido naturalmente», defendeu