Francisco Assis disse no programa Prova dos 9 da TVI24 que Passos Coelho reconhece que o programa com a troika falhou. «Este Governo reconheceu-se naquele programa e nada fez em termos europeus para impor uma outra linha ou pelo menos propor uma alternativa. O primeiro-ministro tem noção que em aspetos essenciais este programa falhou e o país está mais pobre», afirmou.

Já Paulo Rangel afirma que o primeiro-ministro explicou na entrevista que o programa com a troika tinha um problema porque partiu de pressupostos errados. «Houve uma estratégia, e não podia ser de outra maneira no primeiro ano e meio, porque Portugal tinha de cumprir mesmo que achasse que as coisas estavam erradas, porque esse era o sinal que tinha que ser dado para os mercados externos».

Fernando Rosas diz que a entrevista ao primeiro-ministro traz a «retórica mentirosa do milagre» e acusa Passos Coelho de ser «um capataz da troika».