Manuela Ferreira Leite diz que só pode ser «uma brincadeira do primeiro de abril» fazer depender as pensões de critérios demográficos ou de crescimento económico. A antiga ministra das Finanças não tem dúvidas de que a substituição da CES vai resultar em mais um corte nas pensões.

«Devo confessar que de manhã quando ouvi a notícia pareceu-me uma brincadeira do primeiro de abril. Seria uma boa piada para o primeiro de abril. Se isso é matéria para o Documento de Estratégia Orçamental, se é tratado pelas Finanças, não é nenhuma reforma da Segurança Social, é mais uma vez corte, não sei se pouco se muito se algum, nas pensões. O que é verdadeiramente contraditório com a frase perentória há dias do líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, de que não haverá cortes nas pensões nem nos salários», afirmou Manuela Ferreira Leite, nesta quinta-feira, no programa Política Mesmo na TVI24.

Taxar levantamentos: «Por que será que nunca ninguém lhe pegou?